segunda-feira, 16 de maio de 2011

POEMA DE ALBERTO PEREIRA " MULHERES ALGEMADAS

3 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Alberto, meu querido Amigo, nem sei o que lhe dizer ... Este seu Poema "Mulheres algemadas" é de uma sensibilidade que me apertou o coração! A música e as imagens, além da voz de Zelia, fazem-nos estremecer e sentir as palavras como flechas que nos acordam e nos deixam a pensar muito fundo !!Adorei. Não me canso de lhe dar os Parabens e de ser repetitiva porque sem duvida, MERECE-OS cada vez mais !! M.P. (sua Amiga Silenciosa).

Graça Pires disse...

Alberto, ainda bem que vim ao teu blog ouvir este magnífico poema. É um poema muito forte e com uma sensibilidade fantástica. Um poema de uma enorme lucidez. Realmente a Zélia disse-o muito bem.
Um beijo.